Reconhecer o açúcar nos rótulos dos alimentos

  • mar 26, 2018

reconhecer o açúcar nos rótulos dos alimentosO açúcar está presente em muitos produtos alimentícios, até naqueles acima de qualquer suspeita. Para eliminá-lo completamente da nossa dieta, temos que saber reconhecê-lo, lendo atentamente os rótulos dos alimentos que consumimos com frequência.

Interpretar os rótulos dos alimentos não é fácil, especialmente quando se trata do açúcar, que costuma se apresentar através de nomes diferentes, ou vem simplesmente disfarçado. Depois de anos de prática, resultado de várias horas passadas lendo pessoalmente todos os rótulos possíveis no supermercado, posso dizer que me tornei uma especialista em identificar o teor de açúcar de qualquer produto alimentício. Já já te conto como fazer isso.

Todos os produtores de alimentos e bebidas são obrigados a declarar todos os ingredientes presentes nos produtos. No rótulo do alimento encontra-se a lista de cada componente em ordem decrescente de predominância: significa que o primeiro ingrediente da lista se encontra em maior quantidade que o segundo, que, por sua vez, se encontra em maior quantidade que o terceiro e assim por diante. Se o açúcar estiver listado nas três primeiras palavras, o produto provavelmente conterá um alto teor de açúcar em comparação aos outros ingredientes, uma excelente razão para evitar comprá-lo.

Tente, além disso, è sempre bom familiarizar-se com os nomes mais comuns do açúcar, chamado também de sacarose e dos derivados: açúcar mascavo, açúcar invertido, xarope de glicose, xarope de milho com alto teor de frutose (HFCS 50 e HFCS 90), isoglicose, maltodextrina, maltose, manitol, xarope de malte, etc.

reconhecer o açúcar nos rótulos dos alimentos

Lembre-se de que mesmo os produtos rotulados como “sem adição de açúcares” podem conter todos os açúcares presentes nos ingredientes, como os presentes no leite e na fruta, que possuem lactose e frutose, respectivamente. A frutose tem um baixo índice glicêmico, mas sobrecarrega o fígado, alterando a ação dos hormônios leptina e insulina. Para mais informações sobre a frutose, confira a materia dedicada ao açúcar e aos adoçantes naturais.

No caso dos produtos diet ou com teor reduzido de açúcar, a redução de calorias ocorre através da introdução de adoçantes, que quase não têm calorias, tais como: ciclamato (E952), sacarina (E954), aspartame (E951), acesulfame K (E950) e sucralose (E955), todos suspeitos de terem perigosos efeitos tóxicos e cancerígenos sobre nossa saúde.

Por último, para quantificar o conteúdo de açúcar de um produto, basta anotar a quantidade de gramas de açúcar indicada na tabela nutricional (por porção ou por 100g) e dividir essa quantidade por 5 (o equivalente de uma colher de chá). Com essa simples fórmula vai descobrir quantas colheres de chá de açúcar estão presentes na porção de um alimento qualquer. Para você ter uma ideia das doses diárias recomendadas de açúcar, a indicação da OMS é de não consumir mais que 6 colheres de chá de açúcar por dia.

Vamos ver alguns exemplos que encontrei no supermercado:

  • Esta mistura para brownie contém xarope de glicose.

Antes de me despedir… comece a pôr as mãos na massa!

Você pode começar a desintoxicação do açúcar analisando todos os produtos que já comprou ou que compra com frequência. Abra as gavetas da sua cozinha ou da sua geladeira e leia atentamente os rótulos de todos os produtos e tente identificar o teor de açúcar de cada alimento. Ficará surpresa ao descobrir quantos alimentos aparentemente inocentes contêm, na realidade, açúcar e derivados!

Gostou da matéria?

Cadastre-se na newsletter!

reconhecer o açúcar nos rótulos dos alimentos

SaveSave

Condivi - Compartilhe
  •  
  • 5
  •  
  •  
Tags:

Deixe um comentário